Aqui começa a minha jornada, no mundo maravilhoso do sentimento de SER "Simplesmente Avó"

Arquivo da categoria: Helena

O melhor presente que uma criança pode ter é a atenção, amor e carinho dos que lhe cercam, para crescer com confiança e munida de sentimentos altruístas com o próximo. Sim, claro, que a criança gosta de brinquedos, mas também gosta de diversão e interatividade.

Dia das Crianças é comemorado anualmente em 12 de outubro no Brasil.

Esta data celebra os direitos das crianças e adolescentes, ajudando a conscientizar as pessoas (os pais, em especial) sobre os cuidados necessários durante esta fase da vida.

Tradicionalmente, no Brasil, no Dia das Crianças os adultos costumam oferecer presentes ou proporcionar atividades especiais e de entretenimento para os mais jovens.

A escolha desta data se deu porque nesse mesmo dia, no ano de 1959, o UNICEF oficializou a Declaração dos Direitos da Criança. Nesse documento, se estabeleceu uma série de direitos válidos a todas as crianças do mundo como alimentação, amor e educação.

E vocês meus netinhos, cada um teve uma forma de comemorar. Arthur, além de ter picnic e banho de mangueira na escolinha, ainda foi para o clube e depois para uma das praias mais lindas de Salvador, que fica na área militar, na localidade de Inema. Cecilia, foi se divertir na piscina com seus pais, irmãs e sobrinhos (Bento e Anastácia) e Helena foi lá para a casa da vovó materna, Del Carmem, receber os mimos dela, do tio Ruben, tia Natália e prima Laura. Na casa da vovó Del teve até cabaninha e amiguinhas para brincar.

Fotos de Arthur

 

Fotos de Helena

Fotos de Cecilia


É, sabemos que você ainda não sabe falar, mas a mamãe expressou com todo o carinho, uma homenagem especial ao seu papai, pela passagem do dia dos pais de 2019.

A ligação do bebê com a mãe é incomparável, seja alimentada exclusivamente no peito ou não, há essa conexão profunda… afinal ela é a fonte da vida dele, foi gerado e alimentado dentro dela. Já foi divulgado que mesmo antes da mãe adquirir os nutrientes da alimentação, eles são dirigidos primeiramente para o bebê, depois a mãe pega o excedente…rsrsrs, mas o papel do pai é de fundamental importância para o desenvolvimento sadio dos laços afetivos, psicológico e cognitivo da criança e principalmente quando esse pai é presente em todos os sentidos, feito o seu, que desde a ajuda ao banho até o preparo dos alimentos tem a participação dele.

A  partir da interação com o pai, que a criança começa a descobrir a relação com o mundo e a desenvolver mais segurança para explorá-lo.

A autoridade do pai deve ser utilizada para dar orientações seguras e gerar confiança e independência.

A complementariedade do pai e da mãe, a capacidade de definirem em conjunto a educação dos filhos, possibilitará um modelo de crescimento saudável, com uma base estrutural para que cada filho seja um adulto maduro e cada vez mais feliz.

Então, sua mamãe escreveu e postou esse carinho especial para o seu papai:

“Dad, Papá, painho, ou Dadi @seixasmarcelo : Feliz Dia!

Estamos aprendendo a ser pai e mãe de nossa pequena a cada dia e nos superando nessa missão. As memórias que levaremos de tudo que estamos plantando e vivendo agora serão as melhores!

As vzs, bate o cansaço mas vc mesmo lembra que daqui a pouco nossa pequena já não será tão pequena e sentiremos falta desses momentos: as trocas de fraldas, o colocar para dormir, fazer e dar a papinha, as brincadeiras e descobertas e tantas coisinhas pequenas que fazem nossos olhos brilharem!

Obrigada por ser tão presente, atuante e paciente (comigo) !

Helena, com certeza, tem o melhor pai do mundo 💓

Te amamos! “

 


É…foi um ano marcante de coisinhas novas que aprendeu, de experiências em creches, de doencinhas da primeira infância, mas também de muito amor vivenciado por seus pais e parentes. Engatinhou de 9 para 10 meses e adora ficar embaixo das cadeiras.

Você, Helena, está crescendo linda, esperta e um doce de menina. Já sabe piscar os olhinhos, balbuciar as primeiras palavras, juntar as mãozinhas para rezar, identificar os objetos e cantar parabéns! E falando em parabéns, vamos lembrar da sua festinha, para celebrar seu primeiro ano de vida, com seus familiares e alguns amigos (pena que a sua vovó de longe, não pôde estar presente fisicamente, mas em pensamento estive lá), através das fotos a seguir.

O tema foi “A Galinha Pintadinha”, a decoração/arrumação ficou por conta da sua tia Milena, com ajuda da sua tia/dinda Marilia e os doces por conta da sua tia Natália, e você estava muito linda!

 


Assim como sua priminha Ceci, este ano de 2019 foi o seu primeiro São João, mas como você ficou dodoizinha com alergia não seria bom ficar no meio da fumaçaria que nessa época do ano há por toda parte. Desse jeito, seus pais resolveram ficar em casa, mas isso não impediu que você fosse cedo dá uma passadinha no Shopping com a prima Ceci e depois lá na casa dela para umas fotos nos painéis do arraiá que ia ter por lá, na companhia também do amiguinho Bento … teve até barraca do beijo e não podia deixar de posar com seus pais!

Toda linda de fitinhas rosas no cabelo ❤


Nem posso acreditar como o tempo passa voando…

Tantas coisinhas novas que você descobre a cada dia. Mamãe quer que vc fique no seu “tentame”, um quadradinho reservado para as brincadeiras, mas você quer é explorar outros lugares, se arrastar para pegar seus brinquedos favoritos, ou bulir nos objetos da casa. Tudo é novidade ❤

Diz seu pai que quando ele fala: “cadê vovó?” você olha logo para o celular…kkkkk

Não teve bolinho, estava chovendo muito e a mamãe não pôde passar na confeitaria para pegar, mas também você saiu recentemente do hospital e ainda está tomando suas nebulizações e remedinhos. Te amo, minha princesa, a vovó está morrendo de saudades.

Aos nove meses já começa a perceber muitas das coisas que os pais dizem. A sua memória está ficando mais desenvolvida e  já começa a querer comer sozinha, fazendo muita bagunça mas que é essencial para o seu desenvolvimento motor. Você também já tem dois dentinhos nascendo…

Nesse período teve uma visitinha das priminhas Ceci e Laurinha e da Bisa.

Ahh…já no final quando terminava esse post veio a notícia que agora ninguém lhe segura, você já está engatinhando pela casa, coisa mais linda da voinha!! ❤

 

Com Bisa

Com priminha Ceci


Pois é, aportamos nesse planeta ainda inocentes das habilidades dos humanos em superar problemas, dificuldades, inerentes ao desenvolvimento do SER. Uns com mais, outros com menos, mas ninguém escapa!

É na fase da primeira infância onde os pais se deparam com as possíveis doencinhas dos seus filhos, ainda devido a pouca imunidade que eles têm e aos órgãos estarem em desenvolvimento e adaptação ao mundo cheio das bactérias e vírus naturais, mas que geralmente não sabem lidar com os mesmos, principalmente os pais de primeira viagem, como costumamos dizer.

E você, minha netinha querida Helena, infelizmente foi pega por esse tal de vírus, que desenvolve dificuldades no trato respiratório, o que os médicos chamam “Bronquiolite”.

Foram dias de aflição e preocupação para todos nós, precisamente uma semana internada num hospital pediátrico, acompanhada dia e noite por seus pais, mas a minha fé nunca falhou e orava daqui todos os dias por sua breve recuperação. Deus é bom todos os dias, você já está ótima!

Aproveito para passar mais informações, para os que lêem o blog e tem filhos ou netos pequenos, sobre a Bronquiolite, que muitos confundem com a Bronquite.

A bronquiolite é uma infecção nos bronquíolos, ramificações dos brônquios que levam oxigênio aos pulmões. Em geral, sua causa é o vírus sincicial respiratório (VSR), que ataca principalmente crianças até os 2 anos de idade. Essa invasão propicia um excesso de muco nos tubinhos por onde o ar passa, comprometendo a captação de oxigênio. Entre os sintomas, o bebê fica com dificuldade para respirar.

Os pequenos são as vítimas preferenciais da bronquiolite, porque seu sistema imune ainda não está maduro para combater direito o agente viral. O VSR é altamente contagioso – ele é transmitido pelo ar, por toque e mesmo por objetos contaminados.

Os sintomas são muito parecidos aos da gripe: coriza, febre baixa e tosse estão entre eles, mas há também um ruído no peito. Esses podem ser minimizados com bastante repouso e ingestão de líquido.

Essa infecção, aliás, é uma das principais causas de internação entre crianças que ainda mamam. Se a bronquiolite não for tratada, pode provocar desidratação, insuficiência respiratória e evoluir para pneumonias, quando outras áreas dos pulmões são afetadas por micro-organismos.

Quando mais cedo for detectada a infecção nos bronquíolos, mais rápido e eficaz será o tratamento. Ao surgirem os primeiros sintomas, é importante levar a criança ao pediatra ou hospital. O exame físico, somado a testes complementares como raio x do tórax, confirma o diagnóstico. A hidratação e a amamentação fecham o plano de recuperação do bebê.

Adultos e crianças maiores contraem bronquite; os bebês, bronquiolite. Pelo fato de seu aparelho respiratório não estar totalmente desenvolvido.

RECOMENDAÇÕES:

Evite, ao máximo, a presença de fumantes perto da criança;

Faça com que o bebê repouse e tome bastante líquido;

Vaporizações podem aliviar os sintomas;

É indispensável o acompanhamento médico num caso de bronquiolite

Fontes: saudeabril; drauziovarela


Amor, muito amor… essa é a definição de seus oito meses de vida junto a nós, completados em 05/05/2019.

Tantas coisas novas você já aprendeu…bater palminhas, dar tchau, jogar beijos, chamar da-dai, ma-ma e eu daqui de longe só acompanhando o seu progresso e graças à tecnologia vamos nos vendo de vez em quando através de vídeos chamadas ❤ 😀

E como toda a criança nesse período infantil, você também passou por seus dias de primeiros enfrentamentos das gripes e alergias em alguma fruta, naturais para quem ainda não está com a imunidade totalmente completa, pois ainda está se equipando com os anticorpos necessários para o combate a essas coisas do mundo aqui fora. Mas, são coisas naturais da vida e você continua linda e esperta!

E para celebrar os seus oito meses, toda a sua familia estava reunida, só faltou alguns membros, inclusive eu, porque estou tão distante, mas curti tudo mesmo assim!



%d blogueiros gostam disto: