Aqui começa a minha jornada, no mundo maravilhoso do sentimento de SER "Simplesmente Avó"

Arquivo da categoria: Família

O melhor presente que uma criança pode ter é a atenção, amor e carinho dos que lhe cercam, para crescer com confiança e munida de sentimentos altruístas com o próximo. Sim, claro, que a criança gosta de brinquedos, mas também gosta de diversão e interatividade.

Dia das Crianças é comemorado anualmente em 12 de outubro no Brasil.

Esta data celebra os direitos das crianças e adolescentes, ajudando a conscientizar as pessoas (os pais, em especial) sobre os cuidados necessários durante esta fase da vida.

Tradicionalmente, no Brasil, no Dia das Crianças os adultos costumam oferecer presentes ou proporcionar atividades especiais e de entretenimento para os mais jovens.

A escolha desta data se deu porque nesse mesmo dia, no ano de 1959, o UNICEF oficializou a Declaração dos Direitos da Criança. Nesse documento, se estabeleceu uma série de direitos válidos a todas as crianças do mundo como alimentação, amor e educação.

E vocês meus netinhos, cada um teve uma forma de comemorar. Arthur, além de ter picnic e banho de mangueira na escolinha, ainda foi para o clube e depois para uma das praias mais lindas de Salvador, que fica na área militar, na localidade de Inema. Cecilia, foi se divertir na piscina com seus pais, irmãs e sobrinhos (Bento e Anastácia) e Helena foi lá para a casa da vovó materna, Del Carmem, receber os mimos dela, do tio Ruben, tia Natália e prima Laura. Na casa da vovó Del teve até cabaninha e amiguinhas para brincar.

Fotos de Arthur

 

Fotos de Helena

Fotos de Cecilia


É, sabemos que você ainda não sabe falar, mas a mamãe expressou com todo o carinho, uma homenagem especial ao seu papai, pela passagem do dia dos pais de 2019.

A ligação do bebê com a mãe é incomparável, seja alimentada exclusivamente no peito ou não, há essa conexão profunda… afinal ela é a fonte da vida dele, foi gerado e alimentado dentro dela. Já foi divulgado que mesmo antes da mãe adquirir os nutrientes da alimentação, eles são dirigidos primeiramente para o bebê, depois a mãe pega o excedente…rsrsrs, mas o papel do pai é de fundamental importância para o desenvolvimento sadio dos laços afetivos, psicológico e cognitivo da criança e principalmente quando esse pai é presente em todos os sentidos, feito o seu, que desde a ajuda ao banho até o preparo dos alimentos tem a participação dele.

A  partir da interação com o pai, que a criança começa a descobrir a relação com o mundo e a desenvolver mais segurança para explorá-lo.

A autoridade do pai deve ser utilizada para dar orientações seguras e gerar confiança e independência.

A complementariedade do pai e da mãe, a capacidade de definirem em conjunto a educação dos filhos, possibilitará um modelo de crescimento saudável, com uma base estrutural para que cada filho seja um adulto maduro e cada vez mais feliz.

Então, sua mamãe escreveu e postou esse carinho especial para o seu papai:

“Dad, Papá, painho, ou Dadi @seixasmarcelo : Feliz Dia!

Estamos aprendendo a ser pai e mãe de nossa pequena a cada dia e nos superando nessa missão. As memórias que levaremos de tudo que estamos plantando e vivendo agora serão as melhores!

As vzs, bate o cansaço mas vc mesmo lembra que daqui a pouco nossa pequena já não será tão pequena e sentiremos falta desses momentos: as trocas de fraldas, o colocar para dormir, fazer e dar a papinha, as brincadeiras e descobertas e tantas coisinhas pequenas que fazem nossos olhos brilharem!

Obrigada por ser tão presente, atuante e paciente (comigo) !

Helena, com certeza, tem o melhor pai do mundo 💓

Te amamos! “

 


É…foi um ano marcante de coisinhas novas que aprendeu, de experiências em creches, de doencinhas da primeira infância, mas também de muito amor vivenciado por seus pais e parentes. Engatinhou de 9 para 10 meses e adora ficar embaixo das cadeiras.

Você, Helena, está crescendo linda, esperta e um doce de menina. Já sabe piscar os olhinhos, balbuciar as primeiras palavras, juntar as mãozinhas para rezar, identificar os objetos e cantar parabéns! E falando em parabéns, vamos lembrar da sua festinha, para celebrar seu primeiro ano de vida, com seus familiares e alguns amigos (pena que a sua vovó de longe, não pôde estar presente fisicamente, mas em pensamento estive lá), através das fotos a seguir.

O tema foi “A Galinha Pintadinha”, a decoração/arrumação ficou por conta da sua tia Milena, com ajuda da sua tia/dinda Marilia e os doces por conta da sua tia Natália, e você estava muito linda!

 


Aniversário nunca pode passar em branco não é Arthur? E esse ano especialmente quando você se despede de muitos dos seus coleguinhas da escola, porque está indo fazer novos em outra neste próximo ano. Falei com você no dia anterior e me disse todo empolgado que ia ter café na cama!!! Mal podia dormir de tão ansioso, por causa disso, ganhou bônus para dormir com a mamãe e o papai naquela noite. E teve o seu café da manhã, na cama, como queria!

Mas a coisa que me deixou mais emocionada foi quando você me disse na vídeo chamada “vovó, estou com saudade de você, queria que você estivesse aqui para ficar que nem chiclete”…ohhh…quem aguenta?

Agora, além de ganhar a comemoração na escolinha, ainda teve outra na Cabana da Barra, que era para reunir seus amiguinhos num banho de piscina, mas acabou que a previsão do tempo falhou e foi aquela chuvarada. Porém sua mamãe improvisou de última hora, transferiu a arrumação para uma sala dentro do clube e deu sorte de arranjar um animador de plantão, mas como ela é uma grande organizadora de festas contou com um time de apoio fantástico e você amou todas as brincadeiras. O tema foi “Rock” e a decoração estava linda!

Vamos ver como foi?

Vídeo

Fotos na Escolinha

“Sonhe alto meu pequeno”

No Clube Cabana da Barra

Pronto para os parabéns…

 


Pois é, estava faltando você para ir começar a se familiarizar com o interior, a terra natal de sua avó materna e visitar seus bisos, tios e ficar, mesmo que pouco tempo, lá no sítio da vovó e de tia Cadinho. Você ainda não sabe o que significa tudo isso, mas já está mostrando a tendência para apreciar as flores, acho que elas têm a energia “chamativa” para os que são sensíveis à natureza e mesmo quem não é, não passa imune ao fascínio que elas exercem!

Ganhou maiô novo e claro que tinha que inaugurar, nem que fosse numa bacia….kkkkk….e foi isso o que aconteceu. Se deliciou na rede também, todos tem que passar por essa rede 😀

Vamos aos registros!

Na rede da casa da vovó…

Na casa de tia Cadinho, inaugurando meu maiô novo…

Conhecendo alguns membros da família!

Apreciando a natureza e encantada com a flor! ❤

Com tia Cadinho

Estou tão encantada!

 


Toda criança precisa ser estimulada com cores, música, brinquedos para morder. Você sempre teve tudo isso, mas o brinquedo que você mais gosta é um que a tia Laura Mascarenhas lhe deu. Um tapete com vários brinquedos suspensos, que tem até um piano, ótimo agora para a sua nova fase de mocinha: já está sentando.

Importante também que a mãe leia historinhas para a criança desde a tenra idade. O cérebro recebe a informação e vai se desenvolvento cognitivamente. Sons relaxantes na hora de dormir também relaxam de um dia de atividades visuais.

Os pais e os profissionais de educação exercem uma influência ímpar no desenvolvimento da criança. A estimulação nesta fase é feita basicamente com brincadeiras e faz com que a criança aprenda melhor sobre si, o mundo em que a cerca, o espaço em que ela vive, seja na escola ou em casa. Reconhece os seus brinquedos, reconhece diferentes espaços e age conforme suas experiências neste espaço. Este grupo de atividades tonifica os músculos, ajuda o desenvolvimento psicoafetivos social do bebê e sua família.

A educação motora, além de contribuir para o desenvolvimento físico da criança, melhora o equilíbrio, ajuda o desenvolvimento do cérebro e é indispensável para a organização e reorganização do sistema nervoso, segundo os pedagogos. Os brinquedos e atividades relacionadas também incentivam o desenvolvimento de capacidades como a atenção, concentração, imaginação e observação.


Muito bem! Aos 6 meses a pediatra disse que o leite materno deixa de ser a única fonte de nutrição do bebê, que passa a ser apresentado a outros alimentos e eles foram introduzidos na sua dieta. Começou com as frutinhas, você está gostando de todas, mas da maçã parece que não é fã 🙂

Muito me surpreendeu, pois pensei que você ia fazer caras e bocas, mas pelo visto, adorou! Já comeu feijãozinho com carne e frango, puré de batata e de cenoura. Seu papai, como é um chef na cozinha, faz sua papinha deliciosa do fim de semana.

Os hábitos alimentares não são herdados, mas adquiridos. De maneira geral os novos alimentos devem ser introduzidos de forma gradual, para observar se a criança está tolerando bem a transição. Você não tolerou bem a banana, deu alergia, mas segundo os especialistas ela é comum e desaparece com um ano ou até antes. Logo a banana?? rsrsrs 🙂

Se lambuzando

Primeira comidinha sólida



%d blogueiros gostam disto: