Aqui começa a minha jornada, no mundo maravilhoso do sentimento de SER "Simplesmente Avó"

Arquivo da categoria: Família

E férias se curte como deve ser: sem horários, sem preocupações…só curtindo a vida e o que ela tem para oferecer, na companhia de quem mais amamos: a família!

Esse ano teve seu primeiro passeio de avião…pois é, se comportou feito um príncipe, não teve medo e até contou para a vovó que viu as “gotículas” da chuva nas nuvens…rsrsrs..que amorzinho!

E lá se foram para uma visita ao belo Estado do Ceará, passando por Canoa Quebrada e a praia de Cumbuco, culminando no Beach Park, em Fortaleza. Embora não tenha registro das dunas, mas você me contou nos áudios do WhatsApp que “foi muito legal andar de bugre”.

Olha, Arthur, um dia ainda vou achar um meio (aprender é claro) de reunir todos os seus áudios, para mais tarde você escutar a sua própria voz desse período da sua vida.

“Vovó o beach park tem um “balde muiiiito grrrande”e ai ele derramou e fez uma cachoeirona…e a cachoeira nao era boa porque era muito forrrte….” Amo muito todos os seus “rrrr” e historinhas contadas com todos os detalhes! ❤

arthur-aeroporto

Espera no aeroporto..

arthur-aeroporto1

A caminho da aeronave…

arthur-aviao

Já acomodado na poltrona…

arthur-aviao1

Que saquinho é esse?? massinha de modelar que a mamãe comprou no aeroporto…

arthur-fortaleza

Hora do jantar e teve até show humorístico..

arthur-fortaleza4

arthur-fortaleza3

Em Canoa Quebrada…

arthur-fortaleza2

arthur-fortaleza1

Barraca de praia que tem até piscina, que legal não é? Em Canoa Quebrada…

arthur-fortaleza5

Praia de Cumbuco

arthur-fortaleza6

Entrada do Beach Park

arthur-fortaleza7

Beach Park – Fortaleza/CE

arthur-fortaleza8

arthur-fortaleza12

arthur-fortaleza9

arthur-fortaleza13

arthur-fortaleza10

arthur-fortaleza11

 

 


Você tem ainda 3 anos, ao longo do tempo talvez não acione todas as coisas do que viveu até essa data, mas por isso mesmo que acho importante registrar aqui esses momentos para futuras referências. Sei que você vai amar…eu adoraria lembrar coisas da minha época de criança, mas infelizmente muitas coisas se apagaram da minha memória, naquele tempo não tínhamos os recursos de mídia e comunicação que temos hoje.

Nesse período de férias escolares e também de trabalho dos seus pais, tivemos uma perda muito querida e que ficará para sempre na sua lembrança, mais tarde, quando você ficar maiorzinho vai entender melhor. Cumprindo um ciclo natural da vida, seu avô, pai do seu pai, se ausentou temporariamente, indo morar por enquanto na casa do “papai do céu”, deixando saudades e lembranças. Como se diz na linguagem infantil: “virou uma estrelinha”.

Vocês foram passar o Natal com sua avó Tomira e depois seguiram para o Conde, passando o Ano Novo por lá, onde já lhe aguardavam seu dindo Marcelo, tia Nay, tia Lala, tias Cadinho e Marta, tios Edson, Duda e Camura, a bisa e o biso.

A primeira coisa que você perguntou a tia Lala: “já armaram minha piscina”? 😀

arthur-conde

A caminho da praia….

arthur-conde6

arthur-conde1

Delícia de piscina…

arthur-conde2

Todo cheio de pose…

arthur-conde3

Com tia Lala…

arthur-conde4

Com mamãe e papai…a praia só de vocês!

arthur-conde5

 

arthur-conde7

Agora na sua piscina…rsrsrs..com tia Lala e dindo Marcelo

 

 


É Arthurzinho já se passaram três anos de muitas risadas com suas peripécias, muito amor e doçura que você trouxe às nossas vidas! Você acaba de completar 3 anos, mas em certos momentos deixa-nos a impressão que tem mais pela sabedoria, aprendizado fácil e coisas inusitadas que diz! Só temos mesmo é motivo para agradecer a Deus, por nos permitir a chance de tê-lo conosco!

Esse ano teve overdose de comemoração do seu aniversário. Primeiro, foi na sua casa, somente para alguns amiguinhos e familiares e depois na sua escolinha, com seus coleguinhas, prós e auxiliares e, é claro, que não podia faltar a sua tia Lala, que já faz parte mesmo do seu dia-a-dia 😀  tendo também a presença dos seus pais e do seu dindo!

O tema? advinha….rsrsrs…patrulha canina!! sua mais nova mania, pois já foi a galinha pintadinha, a pepa e por aí vai..rsrsrs

Vamos aos registros:

Na sua casa:

aniversario-3-anos23

Com papai e mamãe

aniversario-3-anos22

Com amiguinhos..

aniversario-3-anos24

Com tia Nay

aniversario-3-anos25

É hora, é hora…é hora de apagar a velinha

aniversario-3-anos26

Com o dindo Marcelo

aniversario-3-anos28

Cantando os parabéns…

aniversario-3-anos29

Com o vovô Osvaldo

 Na escolinha:

aniversario-3-anos19

Com seus amores: papai e mamãe

aniversario-3-anos

Com Tia Lala e tio-dindo Marcelo

aniversario-3-anos8

aniversario-3-anos15

aniversario-3-anos13

aniversario-3-anos18

aniversario-3-anos12

aniversario-3-anos2

aniversario-3-anos4

aniversario-3-anos3

aniversario-3-anos9

aniversario-3-anos10

aniversario-3-anos11

aniversario-3-anos20

Kit Aniversário personalizado com o tema “patrulha caninha”(contendo jogo americano, lancheira e suco), confeccionado pela Felicitart #felicitart e lembrancinhas personalizadas também com o tema (esponja de banho e sabonete em formato de pata) confecionadas pelo Empório da Mari #emporiodamari.

aniversario-3-anos5

Kit Aniversário

aniversario-3-anos7

Produzido pela Felicitart

aniversario-3-anos21

Lembrancinhas, produzidas pelo Empório da Mari

aniversario-3-anos1

Nome no bolo, confeccionado pela Felicitart

aniversario-3-anos6


Ahhhh…estava eu a ler uns textos hoje e como gosto muito da escrita do Rubem Alves (psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro, é autor de livros religiosos, educacionais , existenciais e infantis), não passaria despercebido esse que se entitula de “Pai”, que não vou reproduzir todo o texto, apenas alguns trechos para homenagear seu PAI, Arthurzinho, pela passagem do Dia dos Pais!

Assim diz:

“… não tinha intenção alguma de escrever sobre o dia dos pais. Mas, de repente, passando os olhos num livro que uma amiga me enviou, encontrei a seguinte afirmação: “Tomar uma decisão de ter um filho é algo que irá mudar sua vida inteira de forma inexorável. Dali para frente, para sempre, o seu coração caminhará por caminhos fora do seu corpo.” Aí as idéias puseram a se movimentar por conta própria. Pensei na minha condição de pai. É verdade: pai é alguém que, por causa de um filho, tem sua vida inteira mudada de forma inexorável. Isso não é verdadeiro do pai biológico. É fácil demais ser pai biológico. Pai biológico não precisa ter alma. Um pai biológico se faz num momento. Mas há um pai que é um ser da eternidade: aquele cujo coração caminha por caminhos fora do seu corpo. Pulsa, secretamente, no corpo do seu filho (muito embora o filho não saiba disto).

Lembrei-me dos meus sentimentos antigos de pai, diante dos meus filhos adormecidos. Veio-me à mente a imagem de um “ninho“. Bachelard, o pensador mais sensível que conheço, amava os ninhos e escreveu sobre eles. Imaginou que, “para o pássaro, o ninho é indiscutivelmente uma cálida e doce morada. É uma casa de vida: continua a envolver o pássaro que sai do ovo. Para este, o ninho é uma penugem externa antes que a pele nua encontre sua penugem corporal.“ Era isso que eu queria ser. Eu queria ser ninho para os meus filhos pequenos. Queria que meu corpo fosse um ninho-penugem que os protegesse, um ninho que balança mansamente no galho de uma árvore ao ritmo de uma canção de ninar…

Que felicidade enche o coração de um pai quando o filho que ele tem no colo se abandona e adormece! Adormecida, a criança está dizendo: “tudo está bem; não é preciso ter medo“. Deitada adormecida nos braços-ninho do seu pai ela aprende que o universo é um ninho! Não importa que não seja! Não importa que os ninhos estejam todos destinados ao abandono e ao esquecimento! A alma não se alimenta de verdades. Ela se alimenta de fantasias. O ninho é uma fantasia eterna. Jung deveria tê-lo incluído entre os seus arquétipos! “O ninho leva-nos de volta à infância, a uma infância!“ (Bachelard). Aquela cena, a criança adormecida nos braços do pai, nos reconduz à cena de uma criancinha adormecida na estrebaria de Belém! Tudo é paz! Desejaríamos que ela, a cena, não terminasse nunca! Que fosse eterna!

É impossível calcular a importância desses momentos efêmeros na vida de uma criança. É impossível calcular a importância desses momentos efêmeros na vida de um pai. O efêmero e o eterno abraçados num único momento! “Conter o infinito na palma da sua mão e a eternidade em uma hora“: o pai que tem o seu filho adormecido nos seus braços é um poeta! Essas palavras do poeta William Blake bem que poderiam ser suas. Um homem que guarda memórias de ninho na sua alma tem de ser um homem bom. Uma criança que guarda memórias de um ninho em sua alma tem de ser calma!

Mas logo o pequeno pássaro começará a ensaiar seus vôos incertos. Agora não serão mais os braços do pai, arredondados num abraço, que irão definir o espaço do ninho. Os braços do pai terão de se abrir para que o ninho fique maior. E serão os olhos do pai, no espaço que seus braços já não podem conter, que irão marcar os limites do ninho. A criança se sente segura se, de longe, ela vê que os olhos do seu pai a protegem. Olhos também são colos. Olhos também são ninhos. “Não tenha medo. Estou aqui! Estou vendo você“: é isso o que eles dizem, os olhos do pai.”

arthir e pai

arthur-e-bal

CELEBRAÇÃO NA ESCOLINHA

dia dos pais

dia dos pais1

dia dos pais2

dia dos pais3

dia dos pais4

Brincando de soltar bolhas de sabão com o papai, na casa dos seus avós paternos, em Alagoinhas!

arthur em alagoinhas


Nessas horas sinto ainda mais falta de estar pertinho de você, para celebrarmos juntos o Dia dos Avós, sei que é um dia igual aos outros, mas já foi instituído e todo mundo comemora, especialmente nas escolas, porém um dia você vai entender as engranagens da vida! Nem tudo é como a gente quer!

Abro um “parêntesis” hoje, aproveitando o ensejo da ocasião, para lhe apresentar seu biso, por parte de pai (o pai do seu avô Raimundo Caldeira). Nessa foto que seu pai me enviou, estão: a tia Ana, nos braços do seu biso, tia Eliane, sua bisa, seu avô Raimundo e uma prima.

bisavos paternos

No Brasil e em Portugal comemora-se o dia dos avós em 26 de julho, tendo sido esta data escolhida em razão da comemoração do dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo. São Joaquim e Santa Ana são os padroeiros dos avôs e avós.

Agora veja seu trabalhinho da escola, a árvore geneológica (ajudado, é claro, por sua mamãe). Você apresentando aos colegas, dizendo todos os nomes e o que a casa de cada um tinha, foi a verdadeira sensação e a sua vovó aqui, se derretou toda, como sempre ❤ ❤ Não só por isso, mas também pela sua voz tão lindinha no whatsapp dizendo as coisas…que amor, que não se mede!!

No final, tem o vídeo da apresentação.

avo

Muito bom…sua vovó não pôde estar presente, mas você caracterizou ela…rsrsrsrs

arvore genealogica1

Sua árvore genealógica

arvore genealogica

E olha você explicando cada um…que amor!!!

dia da vovo

Seu vovô Osvaldo, representando todos os avôs e avós…

dia da vovo1

Brincadeira de roda com as vovós presentes, antes da apresentação..

dia da vovo2

dia da vovo3

dia da vovo4

dia da vovo5


Sua mamãe tem todas as razões do mundo de ficar orgulhosa de ver o seu progresso intelectual, emocional e físico indo melhor a cada dia. Gratidão ao Senhor da Vida!

Sua avó, do lado de cá, não fica atrás, amo cada conquista e cada aprendizado, ainda mais quando se recebe um boletim escolar igual a esse (boletim??? ahhh…chamo assim, mas é um diário da escola de acompanhamento e avaliação do seu desenvolvimento). Primeiro foi o do primeiro semestre de 2015, que ainda não tem muita coisa, mas o do segundo semestre veio recheiadinho de progressos! Parabéns, meu amor!

relatorio

 

relatorio2

relatorio4

relatorio1

relatorio3


Ela sempre é assim…também faz as sua vontades, mas para você lhe dando um pedaço de papel e uns lápis coloridos está ótimo demais e ainda mais se nessa diversão tiver um livro de história!

Nesse passeio ao Shopping, depois de gastar a energia andando e lanchando, não podia deixar de faltar a ida à livraria…pronto! você se realizou!

Olha os registros 🙂

shopping

shopping1

shopping2

shopping3

shopping5

shopping6

shopping7

shopping4

Pensando….prá onde será que vou agora??

shopping9

Prá ali…vou para os livros…rsrsrs

shopping8

Com tia Nara (Lala)

 



%d blogueiros gostam disto: