halloween1

Pois é, eu não gosto muito dessa parte, comemorar o quê?? mas no mundo inteiro o povo costumizou essa festa e já é tradição e nas escolinhas não é diferente. Você estava todo contente com seu caldeirãozinho de guloseimas e depois com seus coleguinhas todos fantasiados, foi só animação. Antes de mostrar as fotos (do meu esqueletinho mais charmoso e lindo que já ví) vou contar aqui um pouco da história do Halloween, embora muitos conservadores religiosos condenem, a maioria só quer se divertir, não estão nem preocupados com o que essa comemoração significa. E criança, precisa saber porquê? ela quer saber é de brincar e ganhar doces ;). Apesar de não apoiar e nem curti, não podemos nos alienar, ficar à parte da sociedade por conta disso. Cada um que explique aos seus filhos o que achar conveniente!

O Halloween é uma das comemorações mais antigas da história, uma versão ancestral da festa provavelmente surgiu na Europa, centenas de anos antes de Cristo.

O Halloween é uma festa comemorativa celebrada todo ano no dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do século XIX.

História do Dia das Bruxas

A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.

Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.

Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).

Símbolos e Tradições

Esta festa, por estar relacionada em sua origem à morte, resgata elementos e figuras assustadoras. São símbolos comuns desta festa: fantasmas, bruxas, zumbis, caveiras, monstros, gatos negros e até personagens como Drácula e Frankestein.

As crianças também participam desta festa. Com a ajuda dos pais, usam fantasias assustadoras e partem de porta em porta na vizinhança, onde soltam a frase “doçura ou travessura”. Felizes, terminam a noite do 31 de outubro, com sacos cheios de guloseimas, balas, chocolates e doces.

Halloween no Brasil

No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.

Críticas

Muitos brasileiros defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um rico folclore que deveria ser mais valorizado. Para tanto, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia do Saci (comemorado também em 31 de outubro).

A comemoração da data também recebe fortes críticas dos setores religiosos, principalmente das religiões cristãs. O argumento é que a festa de origem pagã dissemina, principalmente entre crianças e jovens, idéias e imagens que não correspondem aos princípios e valores cristãos. De acordo ainda com estes religiosos, as imagens valorizadas no Halloween são negativas e contrárias à pratica do bem.

A festa atual guarda poucas semelhanças com os rituais celtas que a inspiraram.

Fonte: brasilescola

halloween
Se preparando…
halloween3
A turminha “esquelética” se apresentando…

halloween2

halloween1

halloween6
E ai? tudo bem?
halloween5
A melhor coisa é brincar..rsrsrsrs
halloween4
Um lanchinho, que ninguém é de ferro!
halloween8
Maquiagem da tia “Lala”…

halloween7 halloween9 halloween10

Anúncios