Tem quem chame de balde e quem chame de ofurô, a questão é: esse tipo de banho é um calmante natural para seu bebê .

Essa postagem deveria ter sido feita há mais tempo, mas entre uma coisa e outra me passei, então para a foto não ficar perdida na história e também porque sei que o seu blog está sendo lido por algumas mamães de primeira viagem e futuras mamães, vamos divulgar as vantagens do banho de ofurô, pois realmente acalma quando o bebê está agitado, com cólica e até mesmo para relaxar… e você, Arthur, dormia logo após sair desse banho!

ofurô

ofurô1

O  baby balde, também conhecido como ofurô de plástico. Criado em 1997 por obstetras e parteiros de maternidades da Holanda, o baldinho oferece ao recém-nascido (e bebês de até 6 meses de idade) uma transição tranquila do útero para o mundo. Segundo especialistas, quando os pequenos entram em contato com a água na hora do banho, logo se lembram do meio aquático do útero, um lugar fechado, escuro, quente e seguro. Como o ofurô remete a essa sensação intrauterina, os banhos sãos mais tranquilos e acalmam os bebês. Eles ficam em posição fetal, com pernas e braços encolhidos, submersos do pescoço para baixo e relaxam automaticamente.

Em teoria é fácil acalmar o bebê: pegar no colo, andar com ele pela casa, fazer massagem e até colocar uma música calma para ele escutar. Mas a verdade nua e crua a gente conhece bem! Tem horas que não tem jeito, a mãe respira fundo, entrega para o pai e vai tomar um banho pra relaxar. E aí… Eureka! Um banho relaxante ajuda a relaxar. Tanto que a técnica vem sendo utilizada em UTI´s neonatais, creches, e, claro, em casa, muitas vezes com baldes e/ou ofurôs.

Se você for perguntar para sua mãe, ela vai te dizer que o procedimento é mais antigo do que andar para trás. Mas para quem não conhece, explicamos: coloque aproximadamente ¼ de água no balde em torno dos 37°C e deixe a criança sentadinha dentro.

Para tornar o momento mais prazeroso para o bebê você pode usar ervas naturais. A camomila, por exemplo, pode ser usada em casos de cólica e agitação, já a calendula é útil em casos de assadura.

Precauções

Por mais que o banho de balde pareça simples, é preciso muito cuidado para fazê-lo. Afinal, estamos falando do nosso bebê e existem alguns aspectos que precisamos nos atentar. Primeiramente ter certeza de que o balde está em bom estado, não possuir resíduos de produtos de limpeza e não está descascando ou com farpas. O ideal é que ele seja usado apenas para dar banho no bebê.

Em hipótese alguma o bebê pode ficar sozinho, pois ele corre o risco de se afogar ou de o balde virar. Segundo os pediatras, é até melhor que haja mais de uma pessoa no local quando o bebê estiver tomando banho.

O banho não deve demorar muito, 20  minutos é um bom tempo. Isso porque a pele do bebê é mais fina que a do adulto e pode ficar enrugada e perder as camadas de gordura, importantes para a saúde do bebê. É importante segurar seu filho bem, para que ele não caia dentro do balde. Você também pode massagear suas costas e bracinhos para que ele fique mais relaxado.

Crédito de parte do texto: paisefilhos

ofurô1

Anúncios